Hipotermia

05/08/2013 17:10

HIPOTERMIA

 

Vamos falar um pouco sobre um tema muito comentado entre os praticantes de atividades ao ar livre que é a Hipotermia.

Nas atividades ao ar livre seus praticantes estão totalmente expostos ao meio ambiente o que os torna cada vez mais vulneráveis a situações que não encontraríamos normalmente nas cidades, o fato de cruzar um riacho e ficar com os pés molhados, passar horas caminhando sob chuva e exposto ao vento ou pernoitar no campo de forma inadequada sem equipamentos específicos pode ser fatal.

A Hipotermia acontece quando nosso corpo não consegue mais produzir calor suficiente e a temperatura corporal cai abaixo dos 35ºC isso pode acontecer devido a varias situações, as mais comuns são: uso de vestimentas inadequadas, esgotamento físico, exposição ao vento e baixas temperaturas, imersão em água, uso de drogas e álcool dentre outros.

Formas de perder calor:

  • Convecção – O corpo perde calor devido a correntes de água ou ar.
  • Condução – Existe uma transferência direta do calor do corpo para um objeto frio, (roupas molhadas, contato direto com o chão)
  • Evaporação – O suor ou a água se evaporam da superfície da pele.
  • Radiação – É quando um corpo quente perde calor devido à exposição a um ambiente muito frio, acontece independente da exposição ao vento, geralmente acontece em noites muito frias quando o céu esta limpo de nuvens.

Graus de Hipotermia:

  • Hipotermia Leve: O primeiro sinal é uma tremedeira que o individuo não consegue controlar, seu corpo esta gelado e frio seus músculos se contraem, apresenta uma conduta pouco característica.
  • Hipotermia Moderada: As extremidades estão frias, podem acontecer câimbras apresenta uma mudança na sua conduta e o nível de consciência começa a baixar, apresenta falta de coordenação motora.
  • Hipotermia Grave: A temperatura corporal cai abaixo dos 33ºC não apresenta mais tremores, a vitima apresenta apatia sem nenhum estimulo o que leva a vitima a um quadro onde seus sinais vitais como pulso e respiração ficam mais lentos.
  • Hipotermia Profunda: A temperatura da vitima esta abaixo dos 31ºC as extremidades estão geladas e rígidas, a vitima entra em um estado de inconsciência, os sinais vitais vão diminuindo sua freqüência, as pupilas estão dilatadas e fixas, o próximo passo acaba sendo a morte.
  • Hipotermia por Imersão: Nos casos de hipotermia por imersão as vitimas perdem calor 25 vezes mais rápido quando estão na água, à grande maioria acaba se afogando antes de ser socorrida, um colete salva-vidas é fundamental para sobrevivência da vitima.

 

O que devemos fazer em casos de Hipotermia:

 

O primeiro passo é retirar a vitima da exposição ao tempo, remover todas as roupas úmidas e molhadas, e aquecer a vitima com roupas secas e cobertores, se necessário coloque a vitima dentro de um saco de dormir, podem ser dadas bebidas quentes/mornas apenas para vitimas CONSCIENTES, o contato corpo a corpo também pode ser utilizado. Também podemos usar como meios de fortuna para aquecer o ambiente e o saco de dormir, água quente dentro de garrafas pet, pedras aquecidas numa fogueira, porem nunca deve haver contato direto desses meios com o corpo da vitima evitando assim possíveis queimaduras.

Faça um curso de Primeiros Socorros e aprenda técnicas especificas de como atender diversos tipos de emergências.